Comportamento | NOTÍCIA

Amamentação, vamos falar sobre os mitos?

Reforçar a informação correta para desmistificar

Publicado em 09/05/2018

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus

Amamentação, vamos falar sobre os mitos?

No meu caminho de promoção ao Aleitamento Materno estou sempre de frente para algumas questões comuns, que não dizem a verdade e dificultam o processo como um todo. 

 

A amamentação é um processo que possibilita a conexão entre mãe e bebê e é neste momento de tanta proximidade que filho e mãe se conhecem mais intimamente e dão início a um processo de aprendizagem.

 

Alguns mitos circundam esse processo e desejamos conversar sobre eles:

 

1. Existe leite fraco?

 

Não. Não existe leite fraco. Todo leite materno é adequado ao seu bebê. Logo que o bebê nasce a mãe produz o colostro, em pequenas quantidades, mas muito rico em nutrientes. A capacidade gástrica do bebê é pequena e a quantidade de colostro é adequada para os seus primeiros dias de vida.

 

Importante que o bebê tenha contato com o seio da mãe desde a primeira hora de vida (Hora de Ouro) e que isso, também, seja feito com mais frequência ao longo dos próximos 3 dias, possibilitando melhora no seu padrão de sucção e deglutição, a cada mamada.

 

2. O meu bebê não pega o segundo leite e por isso ele passa fome?

 

A maior parte do leite materno é produzida durante o processo de amamentação. Quando o bebê tem uma pega correta ao seio materno e faz uma sucção efetiva, ocorre estimulação dos hormônios que produzem (prolactina) e ejetam (ocitocina) o leite materno. Ao ser ejetado por um reflexo, o bebê tem contato direto com um leite de maior aporte calórico, ficando alimentado/nutrido.

 

Exatamente por isso, é tão importante ter informação adequada sobre o processo de amamentação, para observar e ter mais tranquilidade na sua condução.

 

A amamentação é um processo natural e que deve ser entendido pela mãe para, então, conduzir o seu bebê.

 

Continuem acompanhando nossos textos, no próximo teremos mais esclarecimentos sobre os mitos que envolvem o processo de amamentação.

 

Compartilhem nossos textos e nossas redes para que mais mães tenham acesso a essas informações.

 
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus